Hotéis - Purificador de ar Airfree

pesquisa
     
 

Pergunte a um especialista

     
     
 

Saiba como o

Airfree funciona

     
 
     
 

Veja o Teste

do Morango

     
 
 
Detalhe do produto
 
Detalhe do produto
Hotéis

Hotéis

  • Introdução
    • O porquê da contaminação do ar.

      A contaminação do ar em hotéis tem sido motivo de muitos transtornos, tanto para os hóspedes como para as próprias unidades hoteleiras.



      E os principais responsáveis por essa má qualidade do ar, são:

      Bactérias: Em 1976, autoridades dos Estados Unidos foram surpreendidas por uma nova espécie de bactéria responsável pelo aparecimento de pneumonia num agrupamento de veteranos da Segunda Guerra Mundial… Mais de quatro mil participavam numa Conferência da Legião Americana, num hotel em Filadélfia, quando 182 foram infetados, tendo morrido 29!
      (fonte: http://www.sbac.org.br/pt/pdfs/rbac/rbac_37_04/rbac3704_12.pdf)

      Após investigações, foi descoberta a bactéria Legionella pneumophila, que se havia desenvolvido no sistema de ar condicionado do hotel e propagado, pelo ar, para todos os ambientes, infetando as pessoas através da inalação.
      A Legionella, no entanto, não é a única bactéria potencialmente patogénica presente no ar; mas foi este o caso que levou os especialistas a ficarem atentos quanto à importância da qualidade do ar em unidades hoteleiras.

      Mofos (fungos): Infiltrações e humidade são fatores de risco para o aparecimento do mofo. As colónias de mofos disseminam-se, libertando no ar partículas invisíveis chamadas esporos e que, quando inalados, podem deflagrar desde alergias – cerca de 80% dos alérgicos são sensíveis ao mofo -, até doenças infeciosas.

      Num hotel em Cincinatti a contaminação por mofo resultou em gastos (referentes à recuperação do hotel) que rondaram os 2 milhões de dólares! Além disso, o gerente do hotel esteve gravemente doente na sequência de pneumonite adquirida durante os trabalhos. Outro caso de um famoso hotel em Waikiki, no Havai, culminou com o fecho de uma torre com 347 quartos.

      Ácaros: Os ácaros estão diretamente relacionados com as alergias respiratórias e a asma. São microrganismos que se encontram principalmente em carpetes, travesseiros e colchões, preferindo sempre os locais húmidos e ricos em descamações de pele humana. É principalmente nas fezes destes animais que estão as substâncias responsáveis pelo deflagrar das alergias, e uma simples arrumação da cama ou a passagem do aspirador do pó pode aumentar em 1000 vezes a concentração destas substâncias no ar.
      Até mesmo aspiradores do pó de alta eficácia parecem ser incapazes de os remover…

      Agentes químicos: também são responsáveis pela má qualidade do ar em hotéis. Produtos de limpeza, tabaco e até perfumes podem causar irritações nas vias respiratórias. Com o objetivo de amenizar os odores gerados por certos produtos, muitos hotéis utilizam geradores de ozono. O problema é que o ozono é um gás que pode causar irritações nos olhos, nariz, garganta e pulmões. E exposições prolongadas podem mesmo levar à redução permanente da capacidade pulmonar. Quanto às crianças, especialmente asmáticas, são mais suscetíveis ao gás.

      Higiene ambiental para os Hotéis.
      Qual a tendência?


      Para evitar a indisposição de hóspedes e proporcionar-lhes uma estadia mais agradável, algumas medidas têm sido adotadas, como por exemplo a utilização de materiais recicláveis e com baixo índice de emissão de compostos químicos voláteis; a diminuição do recurso a produtos químicos; e, principalmente, a melhoria da qualidade do ar, especialmente nos quartos.

      Tendo em vista o crescente nível de exigência do público, não apenas cadeias de hotéis luxuosos, mas também pequenos estabelecimentos, já aderiram ao conceito de “hotéis saudáveis”, cada vez mais difundido.

      O que o hotel tem a ganhar investindo nos equipamentos Airfree?

      O uso dos purificadores de ar Airfree traz vantagens únicas, pois juntamente com outras medidas de limpeza do ambiente transforma acomodações comuns em “antialérgicas”, ao reduzir a quantidade de substâncias alergizantes, microrganismos e ozono no ar. Na sequência deste serviço complementar, muitos hotéis passam a cobrar uma taxa simbólica adicionada ao valor da diária, o que torna possível a amortização do investimento a curto prazo e o aumento de margem de lucro a médio e longo prazo.
      Veja o exemplo abaixo:

      Receita Adicional com Airfree

      N° quartos com Airfree - 30
      Tx adicional -  R$ 10,00 por dia
      N° dias ocupação -   20 por mês
      Receita Adicional  - R$ 6.000,00 por mês

      Benefícios:

      - Marketing espontâneo – “quartos antialérgicos” geram publicidade boca a boca por parte do cliente, vantagens competitivas e notícias na Imprensa.
      - Aumento de Mark Up.
      - Redução de problemas com mofo.
      - Redução de problemas com alergias e desconforto respiratório.
      - Redução do nível microbiológico do ar, para atender aos padrões
      das normas de qualidade de ar mundiais.

      OS PURIFICADORES DO AR AIRFREE® eliminam até 99% dos alérgenos de ácaros e ajudam a manter o ar livre de outros aeroalérgenos e microrganismos, pelo que representam um grande aliado no aumento da qualidade de vida de pessoas alérgicas.

      Como funcionam?
      Reduzem drasticamente os alérgenos do ar por incineração dos microrganismos. Na sequência, o ar contaminado é arrastado para o núcleo cerâmico do Airfree® e destruído a altas temperaturas. Este ciclo de purificação do ar é silencioso, não necessita de manutenção e é assegurado por inúmeros testes. (link para a nossa página de testes)



      CARACTERÍSTICAS AIRFREE®:

      Eficiente - Testado e aprovado em ambientes reais (sem simulações) nos melhores institutos do mundo. Airfree® destrói qualquer microrganismo que passe pelo seu conjunto cerâmico esterilizador, independentemente da sua periculosidade ou tamanho.

      Silencioso - Absolutamente sem ruído.

      Exclusivo - Tecnologia patenteada internacionalmente e exclusiva dos produtos Airfree®, a única que também reduz a concentração de ozono.

      Económico - Não há custos com troca de peças ou gastos significativos de energia, pois o consumo de um Airfree® é de apenas 48w por hora.

      Prático - Ligue e não se preocupe mais, já que os aparelhos não necessitam de manutenção ou limpeza.

      Sem contraindicações – Processo absolutamente natural que não utiliza produtos químicos ou tóxicos, nem radiação, e que também não interfere na temperatura ou humidade do ambiente.

      Nota: Não emite ozono, gás que é considerado um dos principais causadores de crises respiratórias, e que pode também destruir o tecido pulmonar.

  • FAQ´S
    • 1. COMO É QUE O AIRFREE® ELIMINA OS FUNGOS?
      Os fungos e os seus esporos, bem como outros microorganismos no ar são incinerados no interior dos capilares do Airfree®. Assim, os fungos vão diminuindo gradualmente até níveis muito baixos. Além dos fungos, também são eliminados esporos, bactérias e vírus.

      2. COMO É QUE O AIRFREE MATA OS ÁCAROS?
      O Airfree® elimina fungos. Para que o ácaro sobreviva é necessário que existam fungos para a sua alimentação e digestão.
      Ao eliminar os fungos, os ácaros não conseguem digerir os alimentos, morrendo por inanição.
      Nos ambientes, os ácaros possuem uma relação importante com os fungos, já que ao reduzir-se a população de fungos, a população de ácaros reduz também, como consequência.

      3. COMO FUNCIONA O APARELHO?
      O ar é purificado no interior do conjunto cerâmico patenteado Airfree®, onde existem dezenas de capilares aquecidos a cerca de 200°C.
      Ao passarem por esses capilares os microorganismos, por mais perigosos e tóxicos que sejam, são destruídos pelo calor. O ar aquecido provoca o fenómeno da conveção do ar (o ar aquecido sobe e sai do aparelho, formando uma pressão negativa na base do mesmo e fazendo com que um novo volume de ar contaminado seja aspirado), o que garante um fluxo de ar contínuo, de forma silenciosa e eficaz.

      4. EXISTEM CONTRA-INDICAÇÕES?
      Não. O uso do Airfree® não tem qualquer contra-indicação. Pelo contrário, ele deve ser utilizado em todos os ambientes para a purificação do ar. Ambiente tratado é sinónimo de saúde, conforto e conservação de móveis, equipamentos e objetos.

      5. O AIRFREE® AQUECE O AMBIENTE?
      Não. O Airfree® foi desenhado e projetado para não aumentar a temperatura do ambiente. Para se ter uma ideia, uma pessoa contribui com mais calor para um ambiente de 80 m³ (metros cúbicos) do que 2 aparelhos ligados.

      6. O AIRFREE® ALTERA A HUMIDADE RELATIVA DO AR?
      Não. O Airfree® não altera a humidade relativa do ar.

      7. O AIRFREE® ELIMINA BACTÉRIAS E GERMES DO AR?
      Sim. A função bactericida e germicida do Airfree® é reconhecida pelos melhores laboratórios mundiais - a maioria deles certificados pela norma ISO 17025, que concede o certificado de qualidade total em procedimentos laboratoriais.
      Veja aqui os nossos testes.

       

Produto Recomendado

Airfree Produtos Eletrónicos SA
VAT 507174240
Rua Julieta Ferrão nº 10, 9ºPiso
Fracção A Lisbon, Portugal
1600-131
Airfree Portugal
info@airfree.com
21 315 6222
www.airfree.pt